Home office em tempos de pandemia

Jovem Pan News Joinville

A rede da informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on skype
Skype
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Imprimir

Home office em tempos de pandemia

Foto: Reprodução

Em meio à pandemia do coronavírus a maioria das empresas precisaram se adaptar ao chamado home office (trabalho em casa). Os funcionários que não estão acostumados ou que nunca precisaram efetuar suas atividades nesse modo, acabam demorando um pouco para acompanhar o ritmo.

O CEO e Sócio Fundador da Ramper Ricardo Corrêa, conta que em sua empresa algumas medidas foram implantadas para que o trabalho e o funcionamento não ficassem prejudicados nesses tempos difíceis.

Acreditando ser proveitoso para outros líderes de empresas, Ricardo parte do princípio que nem todos tiveram tempo de pensar com profundidade sobre o assunto por conta da quantidade de demandas do dia a dia. Por isso, compartilha algumas observações entre elas o acompanhamento do trabalho remoto.

Segundo ele, uma providência tomada na Ramper foi criar um ritmo de acompanhamento diário com cada um dos departamentos. O propósito desse compromisso não é controlar o trabalho das pessoas mesmo que isso também se faça necessário:

“…principalmente se a equipe ainda não têm o hábito de fazer home office ou não se dá muito bem com isso” e comenta ainda “ que a ação serve principalmente para garantir que os colaboradores tenham todas as informações necessárias para trabalhar, checar se os obstáculos são compreendidos e endereçados pelos líderes, além de verificar se os resultados estão sendo atingidos e caso contrário verificar porque não estão” acrescentou.

No momento em que estamos enfrentando muitas incertezas, o profissional e as empresas precisam agir com calma e tranquilidade sabendo explorar todas as situações. Ricardo comenta que mesmo aquelas empresas que estão um pouco distante dessa realidade devem estar prontas, já que novas camadas da economia vão sendo afetadas aos poucos.

Além disso, juntar diariamente as informações com cada uma das equipes e cruzar esses dados entre as áreas é papel do líder, garantindo que tudo está claro para todos independente da escala do desafio que cada um está enfrentando. Deixa claro que falar bastante sobre as medidas que podem ser tomadas “da porta para dentro” pelos líderes é preciso, mas é fundamental também implantar medidas “da porta para fora”. Isso inclui trabalhar o posicionamento da empresa e as mensagens que chegarão aos clientes e consumidores.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on skype
Skype
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Imprimir
Drogaria Catarinense – Banner Lateral

Notícias Relacionadas

Coronavírus

Ursos de pelúcia vão ajudar a manter distanciamento social na Praça de Alimentação do Shopping Mueller

Convidados especiais aparecem na Praça de Alimentação do Shopping Mueller de Joinville, os chamados ursinhos de pelúcia. Para ajudar a manter o distanciamento social, de uma forma descontraída, os ursos foram colocados nas mesas, para que os clientes não fiquem próximos uns dos outros.

Ler Mais →
Cotidiano

Rotas para o Aeroporto de Joinville são retomadas nesta sexta-feira com “batismo” de aeronave

Nesta sexta-feira (03), a Gol Linhas Aéreas irão “batizar” a sua aeronave que chegará entorno das 10h10, como marca da retomada dos voos no Aeroporto Carneiro de Loyola, em Joinville.

Ler Mais →
Cotidiano

Presidente Jair Bolsonaro irá sobrevoar áreas atingidas por Ciclone em SC

O presidente Jair Bolsonaro vai sobrevoar, neste sábado (4), municípios da região Sul do país que foram atingidos, na última …

Ler Mais →

Facebook JP News

Drogaria Catarinense – Banner Lateral

Últimas Notícias

Campanha Hiper Mais

Fique Conectado!

Coronavírus

Linha do Tempo