Matriz estratégica é montada em Joinville para monitorar controle da Covid-19

Jovem Pan News Joinville

A rede da informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on skype
Skype
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Imprimir

Matriz estratégica é montada em Joinville para monitorar controle da Covid-19

Medidas restritas em Joinville (Foto: Divulgação)

A Prefeitura de Joinville, por meio da Secretaria de Saúde (SES), adotou o uso da Matriz GUTAI, um mecanismo de apoio à governança da pandemia, elaborado a partir da análise inteligente de diferentes critérios essenciais à vigilância em saúde.

As ações de priorização, recomendação e simulação de estratégias propostas pela Matriz GUTAI, são fundamentadas nas seguintes óticas:

  • Gravidade da situação pela saturação da ocupação de leitos de tratamento intensivo;
  • Urgência de ação sobre a quantidade de leitos clínicos;
  • Tendência de piora da situação pelo crescimento do número de novos casos confirmados da doença;
  • Abrangência territorial da contaminação;
  • Impacto do crescimento do número de óbitos por casos confirmados.

A ferramenta foi desenvolvida pelo Laboratório de Engenharia da Integração e Governança do Conhecimento (ENGIN) do Departamento de Engenharia do Conhecimento (EGC) da Universidade Federal de Santa Cataria (UFSC), e disponibilizada aos municípios catarinenses pelo Governo do Estado.

Além de estar em consonância com o decreto Estadual que delega aos municípios a tomada de decisão para as normativas sanitárias locais, em Joinville a Matriz leva em consideração a situação atual da atividade de diversos setores (comércio, indústria, atividades religiosas, esportivas, de entretenimento, alimentação, entre outros), o que está previsto para a transição de novas etapas e quais encaminhamentos deverão ser dados para cada segmento.

Para o secretário da Saúde de Joinville, Jean Rodrigues da Silva, a Matriz GUTAI tornou-se imprescindível para dar base às decisões de todas as medidas que deverão ser implantadas a partir de agora.

“Vamos passar por momentos mais difíceis com o aumento de casos, a chegada do inverno, maior ocupação de leitos hospitalares, e não obtém consenso na sociedade sobre as medidas que devem ser adotadas. O mundo passa por desafios sem saber que parâmetros utilizar. Com o uso da Matriz GUTAI, todos poderão olhar na mesma direção”, avalia o secretário.

Indicadores e ações

De acordo com a Matriz GUTAI, as medidas sanitárias a serem adotadas pelo sistema de saúde são estabelecidas a partir de diferentes níveis de alerta.

O Nível de Alerta 1, identificado pela cor azul, é de Planejamento e Controle. Nesta fase, estão incluídos indicadores como taxa de ocupação de leitos de UTI de até 35%; índice de abrangência territorial da contaminação de até 20 mil pessoas; taxa de letalidade pela Covid-19 de até 2%.

O Nível de Alerta 2, por sua vez, é representado pela cor amarela, e indica Atenção e Ação. Aqui, a taxa de ocupação de leitos de UTI para tratamento da Covid-19 pode variar entre 35% e 80%; o índice de crescimento de novos casos confirmados fica entre 1 e 2; o índice de abrangência territorial da contaminação entre 20 mil e 80 mil pessoas; e taxa de letalidade entre 2% e 6%.

Já o Nível de Alerta 5, traz a cor vermelha, e determina Decisão e Comando. Nesta fase mais grave, a taxa de ocupação de leitos de UTI é superior a 80%; o índice de abrangência territorial da contaminação está acima de 80 mil pessoas; e a taxa de letalidade pela Covid-19 ultrapassa 6% dos doentes.

As ações de transição estabelecidas pela Matriz GUTAI são baseadas em dados atualizados três vezes por semana, com projeções para o período de 15 dias. Em caso de medidas restritivas padrão vermelho, as ações deverão ser iniciadas em até três dias, pelo período mínimo de 15 dias.

“A Matriz GUTAI vem padronizar e dar maior transparência para que todos possam saber para onde caminha a pandemia. Nos gatilhos que ela apresenta, poderemos abrir ou afrouxar medidas sanitárias de distanciamento, conforme se comporta a disseminação do novo coronavírus”, conclui o secretário.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on skype
Skype
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Imprimir
Drogaria Catarinense – Banner Lateral
Pós graduação Ielusc

Notícias Relacionadas

Coronavírus

Reunião discute novas medidas do decreto de restrições para em São Francisco do SUl

Na manhã desta sexta-feira (10), foi realizada na Prefeitura de São Francisco do Sul uma reunião para discutir as novas medidas do decreto n° 3.388 sobre as restrições no município para combater o avanço da Covid-19. Na ocasião, ficou definido que, no decorrer da próxima semana, será analisada a flexibilização de alguns setores do comércio.

Ler Mais →
Coronavírus

Governo de SC abre edital para contratação de hotéis para isolamento de servidores

Servidores estaduais que atuam nos hospitais de referência para tratamento da Covid-19, em especial os que coabitam grupos de risco, poderão manter isolamento para preservar familiares do risco de contaminação em hotéis contratados pelo Estado.

Ler Mais →
Cotidiano

Rua Santa Catarina receberá nova camada de asfalto em Joinville

A Prefeitura de Joinville, por meio da Secretaria de Infraestrutura Urbana (Seinfra), iniciou a aplicação de nova camada asfáltica na rua Santa Catarina. O trecho da via entre o fim da Avenida Getúlio Vargas (travessia da linha férrea) e a rua Botafogo recebe novo asfaltamento. Antes de receber o novo pavimento, o trecho passou pelo processo de fresagem, que consiste na remoção da camada antiga de asfalto.

Ler Mais →

Facebook JP News

Pós graduação Ielusc
Drogaria Catarinense – Banner Lateral

Últimas Notícias

Campanha Hiper Mais
Regularizar

Fique Conectado!

Coronavírus

Linha do Tempo