Veterinária alerta sobre cuidados com animais em época de coronavírus

Jovem Pan News Joinville

A rede da informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on skype
Skype
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Imprimir

Veterinária alerta sobre cuidados com animais em época de coronavírus

imagens: MAPA

Nos dias atuais, dificilmente as pessoas não tem um bichinho de estimação em casa não é mesmo? Seja qual for ele, à companhia deles nos alegra todos os dias.

Segundo dados oficiais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil já é o segundo país na quantidade de animais de estimação. Os números de 2018 mostram a presença de 139,3 milhões desses animais. Destes, 54,2 milhões são de cães, 23,9 milhões de gatos.

Quer receber as notícias da Jovem Pan Joinville no seu WhatsApp? Clique aqui.

Com a chegada da pandemia de coronavírus no Brasil, surgiram muitas dúvidas a respeito do contágio de animais, principalmente em cães e gatos. Mas o maior questionamento é se os animais de estimação podem ou não transportar o Covid-19.

Segundo a veterinária Camila Roldão, formada pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), ainda não há evidências de que cães e gatos possam ser transmissores do vírus aos seus donos. Mas ela faz um alerta “…eles podem atuar no meio de tudo isso, como transportadores do vírus, deixando claro que eles podem carregar o vírus, como qualquer superfície contaminada”. Destaca ainda que “…eles não são organismos biológicos transmissores da doença, sendo assim, eles não manifestam a Covid-19, não transmitindo o vírus dessa forma”, destacou.

A veterinária relaciona os animais de estimação assim como notas de dinheiro, maçanetas de portas, corrimãos, tênis ou sapatos que (podem ser transportadores do Covid-19). Por isso aconselha as pessoas a ficarem em suas residências com seus bichinhos nesse período.

Ela conta que recebeu vários relatos de pessoas em que seus pets não conseguem fazer suas necessidades fisiológicas sem a rotina de caminhar por cerca de vinte minutos por exemplo. Nestes casos a profissional aconselha “..ao chegar em casa, higienizar as patinhas do animal, lavando com água e shampoo, fazer uso de gel higienizador que pode ser  passado em toda a superfície do pelo do animal” além dos cuidados básicos como não levá-lo em lugares onde existam pessoas aglomeradas ou fluxo intenso.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on skype
Skype
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Imprimir
Drogaria Catarinense – Banner Lateral

Notícias Relacionadas

Esportes

Comando da PM fará reunião com torcidas organizadas

O subcomandante da Polícia Militar de Santa Catarina, coronel Marcelo Pontes, fará uma videoconferência com as torcidas organizadas dos clubes …

Ler Mais →
Estado

Casal de idosos é feito refém e vizinhos são baleados em tentativa de assalto

No início da madrugada deste domingo (5), por volta das 0h30, três homens arrombaram uma casa e renderam um homem …

Ler Mais →
Cotidiano

Defesa Civil emite alerta para temporais antes de novo Ciclone em SC

A Defesa Civil emitiu alerta de temporais em Santa Catarina neste domingo (5), a princípio, para municípios que fazem divisa …

Ler Mais →

Facebook JP News